Revelado convite a ‘homem forte’ de Temer para disputa à Presidência, em 2018

0
4



Um dos maiores expoentes do Partido Socialista Democrático (PSD) afirmou enfaticamente por meio da bancada federal da sigla sobre os desdobramentos, em relação à candidaturas propícias para a disputa eleitoral para a Presidência da República, no próximo ano. O líder do partido na Câmara dos Deputados, Marcos Montes (PSD-MG), revelou que um dos principais nomes do #Governo do presidente da República #Michel Temer, corresponde a todos requisitos necessários para que seja o representante do partido na eleição de 2018. T

Trata-se da figura do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que é considerado o grande comandante da Economia do Palácio do Planalto, além de se credenciar juntamente à sociedade brasileira e ser um nome que angaria muito apoio no mercado financeiro, principalmente, em relação à implementação das reformas trabalhista, já sancionada pelo presidente da República, como também, a reforma da Previdência Social que se encontra sob tramitação no Congresso Nacional.

Aclamação no mercado financeiro

A recuperação dos índices econômicos e a retomada do crescimento do país, podem se tornar fatores determinantes para a aceitação do ministro Henrique Meirelles, o que contribuiria para que ele se tornasse o candidato do PSD ao cargo máximo da nação. Entretanto, o líder do partido, Marcos Montes, ressaltou que Meirelles recebe com entusiasmo sempre e que se ocorrer dele vier a ser chamado, há a convicção de que ele poderá atender ao chamado da sociedade. Montes enalteceu com muito otimismo a reação do ministro Henrique Meirelles, ao ressaltar que o político teria demonstrado grande satisfação, ao dar um sorriso, ao estar ciente da proposta, o que segundo Montes, valeria mais que duas palavras.

Nesta quarta-feira (13), a bancada do PSD participou de um almoço realizado na residência do ministro da Fazenda, em Brasília.

De acordo com o líder do PSD, Marcos Montes, alguns assuntos foram discutidos, principalmente, relacionados à política e economia do país. Porém, o líder da sigla foi contundente ao comentar que assuntos relativos à suposta candidatura à Presidência da República, por parte de Meirelles, não teria sido tema do encontro realizado, nem mesmo a respeito da descompatibilização do cargo de ministro da Fazenda, até meados do mês de abril, conforme seja requerido em lei.

O líder do PSD revelou também que a sigla solicitou uma autorização do ministro para que pudesse falar em nome dele e que ele praticamente disse sim. Montes finalizou sua análise ao afirmar que o nome de Meirelles caiu como uma luva para a candidatura do ministro ao mais alto cargo do país, já que ele foi um homem do partido, responsável pela volta do crescimento econômico. #Crise no Brasil



Source link

قالب وردپرس

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here